Em uma inesperada virada de eventos, Jason Kidd não é mais jogador do Dallas Mavericks. Depois de estar aparentemente comprometido em seguir na equipe, o armador de 38 anos decidiu assinar com o New York Knicks na tarde desta quinta-feira. O novo contrato possui os mesmos termos daquele que assinaria com os texanos: US$9 milhões por três temporadas.

O acerto com os nova-iorquinos acontece menos de 48 horas depois de Kidd afirmar que gostaria de terminar a carreira pelo Mavs. Especula-se que a possibilidade de ficar mais próximo dos filhos pesou na decisão do jogador em se mudar para a costa leste dos EUA.

No Knicks, o armador chegaria para servir de mentor para o inexperiente Jeremy Lin. O Rockets ofereceu US$30 milhões por quatro temporadas ao protagonista da mais incrível história da liga em 2012, mas espera-se que a oferta seja coberta e o atleta permaneça em Nova York.

Fontes próximas da negociação ainda consideram a possibilidade da transação acontecer utilizando o Mavs como intermediário, finalizando o acordo com o atleta e enviando-o, logo em seguida, para o Knicks por alguma compensação não conhecida.

Kidd entrou na NBA em 1994 e, desde então, fez 1.315 jogos por quatro equipes diferentes. No período, ele acumulou 10 convocações para o Jogo das Estrelas e o título da NBA em 2011, em Dallas. Na última temporada, o armador anotou 6.2 pontos, 4.1 rebotes e 5.5 assistências.

Quer assistir a um jogo da NBA? Então aproveite o cupom de descontos do Jumper Brasil no Super Ingressos.