Na primeira parte deste artigo, acompanhamos o time mais azarado da década de 70 em relação às trocas envolvendo escolhas de Draft, o San Francisco/Golden State Warriors. A partir de agora vamos refrescar a memória: as duas grandes dinastias da década de 80 tiveram alguns dos seus jogadores mais importantes selecionados em drafts, mas as escolhas eram mesmo delas?

Los Angeles Lakers

O jogador símbolo do Lakers na década de 80 não pode ser outro: Earvin “Magic” Johnson. O – opinião pessoal – melhor armador de todos os tempos foi selecionado pela equipe de Los Angeles na primeira escolha geral do draft de 1979. Com a camisa do Lakers, Magic foi cinco vezes campeão da NBA (80, 82, 85, 87 e 88), três vezes MVP das Finais (80, 82 e 87), três vezes MVP da temporada regular (87,89 e 90), duas vezes MVP do All-Star Game – do qual participou doze vezes – além de ter sido escolhido nove vezes para o time ideal da liga.

Em treze anos de carreira, encurtada devido à descoberta do HIV em seu organismo, ele obteve médias de 19.5 pontos, 11.2 assistências e 7.2 rebotes, em 905 jogos. Mas… nada disso poderia ter acontecido se a sua escolha de primeira rodada em 1979 fosse do time original, o New Orleans Jazz!

O Lakers obteve essa pick (e mais as escolhas de primeira rodada de 77 e 78 e uma de segunda rodada de 80) porque em 1976 o Jazz contratou Gail Goodrich, jogador que fora campeão da NBA em 1972 com o Lakers. De acordo com as regras da época, o Jazz deveria oferecer algo em troca de Goodrich, para compensar o Lakers da perda de seu jogador. Assim foi arquitetada essa troca, que também mandou para New Orleans uma escolha de primeira rodada de 1978 e outra de segunda rodada de 1977 da franquia californiana.

Para o azar do Jazz, Goodrich, que viera para formar dupla de perímetro com Pete Maravich, lesionou o tendão de Aquiles, e não voltou mais à forma de antes, se aposentando em 1979 com médias de 14.2 pontos e 4.5 assistências com a camisa da franquia. 

Outro grande responsável pelo sucesso do Lakers na década de 80, James Worthy foi a primeira escolha do draft de 1982 – quando Magic já tinha dois títulos. Worthy foi três vezes campeão da NBA, MVP das finais de 1988 e sete vezes escolhido para o All-Star Game. Mas como o Lakers tinha a primeira escolha no Draft de 1982 se tinha acabado de ser campeão?

A pick que resultou no ala originalmente pertencia ao Cleveland Cavaliers, e foi adquirida em 1980 juntamente com Butch Lee, em troca de Don Ford e da escolha de primeira rodada da equipe em 80. Lesões forçaram Lee – o primeiro jogador porto-riquenho na NBA – a se aposentar no mesmo ano em que chegou a Los Angeles. Já Ford atuou pelo Cavs por apenas duas temporadas até ser dispensado, e teve médias de 3.5 pontos e 2.4 rebotes nas 158 partidas disputadas.

Assim, dois dos principais jogadores do Lakers na década mais vitoriosa da franquia foram adquiridos “por acaso” e com muita sorte, afinal, eles já tinham o melhor pivô da liga durante quase duas décadas – Kareem Abdul-Jabbar. Os dirigentes do Cavaliers e do Jazz devem se lamentar dessas trocas até hoje.

Na terceira parte da série, acompanharemos a outra grande dinastia da década, o Boston Celtics.

 

 

 

Quer assistir a um jogo da NBA? Então aproveite o cupom de descontos do Jumper Brasil no Super Ingressos.