Rajon Rondo, que tem tudo para substituir Paul Pierce como o Franchise Player do Boston Celtics em alguns anos, afirmou que pretende ser o “maior armador da história” da franquia. Declaração forte, ainda mais em uma equipe com a tradição do Celtics. Em ordem hierárquica, eis a lista de jogadores que Rondo terá que superar:

5. Nate ” Tiny” Archibald

Temporadas: 5; Títulos: 1; Convocações para All-Star Games: 3;  Médias: 12.5 pontos e 7.1 assistências.

Tiny veio jogar no Boston Celtics em 1978, após passar do seu auge e sofrer com uma lesão no tendão de Aquiles, aos 30 anos de idade – inclusive, estava acima do peso. Mesmo assim, foi o titular da equipe no título de 1981, mesmo ano em que foi MVP do Jogo das Estrelas da liga, pela primeira e única vez na carreira. Ele também teve papel muito importante para a franquia sendo o mentor de sua jovem estrela, Larry Bird.

4. Jo Jo White

Temporadas: 10; Títulos: 2; MVP das Finais: 1; Convocações para o All-Star Game: 7; Médias: 18.2 pontos e 5.1 assistências; Camisa #10 aposentada pela franquia.

White foi um  dos responsáveis por manter o Celtics no topo após a aposentadoria do seu maior ídolo, Bill Russell. Juntamente com John Havlicek e Dave Cowens, foi peça-chave para os títulos de 74 e 76 – poderiam ter ganho em 73 se Havlicek não tivesse deslocado o ombro na série contra o Knicks. Ele também é conhecido por ter jogado 60 minutos no jogo 5 das finais de 1976 contra o Phoenix Suns – quando foi MVP, que teve três prorrogações e foi considerado a melhor partida de todos os tempos. Um dos primeiros jogadores a ter mais de 38 minutos de média disputando todos os jogos da temporada regular.

3. K.C. Jones

Temporadas: 9; Títulos: 8; Médias: 7.4 pontos e 4.3 assistências; Camisa #25 aposentada pela franquia.

Os números de K.C. em quadra não impressionam, mas ele foi um dos melhores defensores de perímetro de todos os tempos, dizem que o que Bill Russell fazia dentro do garrafão, ele fazia no perímetro. Só se tornou titular após a aposentadoria de Bob Cousy, mas devido à sua excelência na defesa, sempre jogou os minutos importantes. Após se aposentar, ele guiou o Celtics a mais dois títulos como treinador, em 84 e 86, fazendo o estilo “paizão” e deixando que os  jogadores se resolvessem dentro de quadra.

2. Dennis “DJ” Johnson

Temporadas: 7; Títulos: 2; Convocações para o All-Star Game: 1; 4 vezes integrante do All-NBA Defensive Team; Médias: 12.6 pontos e 6.4 assistências; Camisa #3 aposentada pela franquia.

DJ era bom na defesa como K.C.,  resistente em quadra como White e, assim como Tiny, veio jogar no Celtics na descendente de sua carreira. Originalmente um pontuador, ele se reinventou como âncora ofensiva da franquia, auxiliando Larry Bird – que o considerou como o melhor jogador que atuou com em Boston – nas assistências para seus companheiros. Em 1987, quando o Boston sofre com lesões de quase todos os seus jogadores, DJ teve médias de 41.9 minutos em quadra nos playoffs, tendo de marcar Michael Jordan, Sidney Moncrief, Isiah Thomas e Magic Johnson.

1. Bob “Cooz” Cousy

Temporadas: 13; MVP da temporada regular: 1; Títulos: 6; Convocações para o All-Star Game: 13; 10 vezes integrante do time ideal da temporada; Médias: 18.5 pontos e 7.6 assistências; Camisa #14 aposentada pela franquia.

Cousy pode facilmente ser considerado não só o melhor armador do Celtics, mas um dos melhores armadores da história da NBA. Conhecido como “The Houdini of Hardwood”, Cooz encantava a todos com suas assistências espetaculares – na verdade  se as regras para atribuição de assistências na época fossem como hoje em dia, ele facilmente distribuiria 20 por partida. Mesmo assim, só conseguiu ganhar campeonatos depois que Bill Russell se juntou à equipe (e K.C. Jones passou a defender por ele). Cooz foi o responsável por popularizar o basquete na década de 50, e um dos poucos que continuou jogando em alto nível após a inclusão do relógio de 24 segundos por posse de bola. 

Particularmente, acho que Rondo pode passar Tiny e White nessa lista nos próximos anos, e talvez K.C. Jones. Mas DJ e Cousy? Muito difícil – mas não impossível, afinal ele tem apenas 26 anos.

PS: os números se referiram apenas ao período em que atuaram pela franquia.

Quer assistir a um jogo da NBA? Então aproveite o cupom de descontos do Jumper Brasil no Super Ingressos.