O ala-pivô Thomas Robinson está disponível para negociações. Segundo Adrian Wojnarowski, do site Yahoo! Sports, o Houston Rockets vem oferecendo o quinto escolhido no último draft ao redor da liga em busca de uma equipe disposta a absorver seu contrato sem a necessidade de devolver vínculos garantidos em troca. O time que apresentar a melhor proposta dentro destes parâmetros até o fim de junho deverá ficar com o atleta.

Para o Rockets, a negociação nada teria a ver com a qualidade de Robinson, que foi adquirido em fevereiro e acaba de terminar uma fraca temporada de estreia na NBA. A importância da troca estaria na extração de US$3.5 milhões da folha salarial da próxima temporada. Acredita-se que, com tal movimento, os texanos possam manter seu elenco e oferecer um contrato máximo a um agente livre nesta offseason.

O alvo dos dirigentes do Houston no mercado é o pivô Dwight Howard. De acordo com Marc Stein, da ESPN, o agente livre irrestrito do Los Angeles Lakers dá sinais de estar interessado em atuar pela franquia e sua contratação é considerada uma possibilidade cada vez mais real. Com a saída do ala-pivô novato, o time se colocaria em condições de fazer uma proposta com salário inicial na casa de US$20 milhões.

Com o novo acordo coletivo de trabalho da NBA, o Lakers pode fazer uma oferta contratual com um ano e US$30 milhões a mais em salários para Howard. Na prática, porém, a diferença financeira entre os vínculos é muito menor por conta dos pesados impostos que são pagos em Los Angeles.

Robinson participou de 70 partidas em sua temporada de estreia como profissional, sendo 51 delas pelo Kings e as 19 últimas em Houston. Atuando 15.1 minutos por jogo, o ala-pivô acumulou médias de 4.8 pontos, 4.5 rebotes e 43% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Quer assistir a um jogo da NBA? Então aproveite o cupom de descontos do Jumper Brasil no Super Ingressos.