Artigos/Chicago Bulls/Destaque/Notícias

Revisão da temporada – Chicago Bulls


Chicago Bulls (45-37) 5º lugar na Conferência Leste

Time base

Carlos Boozer
Luol Deng
Joakim Noah
Kirk Hinrich
Jimmy Butler

Principais Reservas

Taj Gibson
Nate Robinson
Marco Belinelli
Richard Hamilton
Nazr Mohammed

Líderes

Pontos: Luol Deng – 16.5
Rebotes: Joakim Noah – 11.1
Assistências: Kirk Hinrich – 5.2
Roubadas: Joakim Noah – 1.2
Tocos: Joakim Noah – 2.1

Agentes livres irrestritos: Marco Belinelli, Nazr Mohammed, Nate Robinson, Vladimir Radmanovic, Daequan Cook.

O Chicago Bulls passou toda a temporada passada na expectativa de ver Derrick Rose em quadra, após o armador romper o ligamento anterior cruzado na primeira rodada dos playoffs de 2012. Infelizmente, sob a alegação de falta de confiança, ele não jogou, e o treinador Tom Thibodeau teve que se adaptar com as novas peças disponíveis, já que quase todos os reservas foram trocados entre as duas últimas temporadas.

Saíram Omer Asik, Kyle Korver, Ronnie Brewer, C.J. Watson e John Lucas III, que foram substituídos por Nate Robinson, Marco Belinelli, Nazr Mohammed, Vladimir Radmanovic e Marquis Teague (este, via draft). Apesar de todas as mudanças, a característica principal do time, a defesa, continuou tendo a mesma eficiência de antes.

Permitindo apenas 92.9 pontos por partida aos seus oponentes, o Bulls teve a terceira melhor defesa dentre todas as franquias em 2012-13, mas o ataque da equipe foi sofrível, com apenas 93.2 pontos por partida – o segundo pior da temporada.

A previsibilidade do ataque favoreceu o crescimento de Robinson. Vindo do banco de reservas, ele era o responsável por tirar o foco do pick and roll comandado por Joakim Noah com as suas infiltrações. O francês terminou a temporada como o pivô que mais deu assistências em média na liga, e sua influência na defesa fez com que fosse forte candidato ao prêmio de Defensor do Ano.

Infelizmente, o time foi sendo minado pelas lesões, tanto que apenas Robinson e Jimmy Butler disputaram as 82 partidas da temporada regular. Nos playoffs, Thibodeau foi forçado a explorar ao máximo seus titulares, mas ainda assim, com base na vontade, eles conseguiram bater o Brooklyn Nets em sete jogos.

Nas semifinais da Conferência Leste, o Bulls conseguiu vencer o primeiro jogo da série contra o Miami Heat, fora de casa, surpreendendo a muitos. Na sequência, eles foram “varridos em cinco jogos”, mas os futuros bicampeões tiveram bastante trabalho para derrotá-los, com partidas bastante físicas e até violentas, em certos momentos.

O que deu certo

Joakim Noah: o pivô francês se firmou como um dos melhores da posição em toda a liga: convocado pela primeira vez para o All-Star Game, selecionado para o All-Defensive First Team e um dos candidato para ser o Defensor do Ano. Atuando os playoffs com uma fascite plantar, foi o grande destaque da equipe, com muita garra e disposição dentro de quadra. Até a volta de Rose, é o Franchise Player do Bulls.

O que deu errado

Rip Hamilton: o veterano foi um fiasco desde que chegou ao Bulls, e na última temporada (apesar de ter sido titular em 45 partidas da teporada regular) foi limado da rotação após se lesionar. Anotou 9.8 pontos em 21.8 minutos de média, e nos playoffs disputou míseros 68 minutos. Contratado para ser o scorer auxiliar de Derrick Rose, ele não conseguiu repetir as boas atuações dos tempos de Detroit Pistons e foi dispensado ao fim da temporada. Não deve deixar saudade entre os torcedores.

Efeito Paliativo

Jimmy Butler: o segundanista se destacou tanto que muitos passaram se perguntar como ele foi apenas a 30ª escolha no draft de 2011. Com a lesão de Luol Deng, o garoto assumiu a responsabilidade de marcar os melhores jogadores de perímetro dos adversários nos playoffs. Além disso, contribuiu com 13.3 pontos e 5.2 rebotes, atuando por 48 minutos em cinco partidas após a ausência de Luol Deng. O jovem, que atua nas posições 2, 3 e 4, emergiu como um dos grandes nomes para o futuro da franquia.

Futuro

Derrick Rose: o armador precisa voltar. Isso é fato. Após passar um ano no estaleiro, ele é a peça que falta ao Bulls para que o time volte à uma final do Leste. A defesa não é problema para Thibodeau, mas o ataque engessado do time e que marca poucos pontos por partida precisa muito do armador.

No draft, eles selecionaram Tony Snell, cujas características são praticamente iguais às de Butler e Deng, o que pode ser um sinal de que o veterano pode ser negociado pela franquia. Além dele, Erik Murphy foi escolhido no segundo round, e o ala Mike Dunleavy foi contratado para o lugar de Hamilton.

64 thoughts on “Revisão da temporada – Chicago Bulls

  1. Pelo Bulls, ainda sinto falta de alguém para ajudar o Rose na posição 2 para tornar o time mais eficiente ofensivamente, não creio que Dunleavy seja esse cara, ao menos, apenas ele. Tem nomes como o Mike Miller (recém-anistiado pelo Miami Heat) ainda dando sopa no mercado, o franquia da cidade dos ventos precisa se mexer…

    • O Bellineli era melhor que o Dunleavy na minha opinião… pensei que o Bulls iam firme atrás de um 2 essa temporada.. mas não foi isso que aconteceu.. rsrsr. Acho que o Bulls tem que arriscar mais se quer o título.. eu se fosse o GM tentaria talvez trocar o Gibson com o Denver.. já que eles não tem um PF pelo Wilson Chandler… tendo assim um SF que sabe pontuar e não ganha um absurdo.. e o Deng expirante tentava trocar com o Eric Gordon.. tentaria fazer essas duas trocas.. mesmo se envolvessem pick.
      Rose – Gordon – W.Chandler – Boozer – Noah seria um time bem mais perigoso fala sério.

      • Esqueci do ManNimal.. auehaueha poxa.. ia ter que gastar mais picks então. pra tentar pegar o W.Chandler rsrsr.

    • Mike Miller vai passar por uma cirurgia logo vai ser difícil alguém pegar num jogador que fica machucado. O Bulls o que precisa é de um Rose saúdavel. Com o Rose saúdavel, Boozer e Noah no garrafão e o Deng a 100% é preciso ter cuidado. O Bulls vai ficar com um jogo ofensivo e defensivo muito perigoso. Dunleavy vindo do banco o Bulls tem time para bater o Heat.

    • O Lakers pra mim é uma besta de ter desperdiçado o Goudelock. Quando o perímetro do Lakers ficou sem ninguém contra o Spurs, e a derrota era certa, mesmo com suas limitações ele foi pra cima, pontuou. Em 2012 foi até elogiado pelo Kobe, e mesmo assim não o mantiveram pra ficar no banco.

  2. Depende muito do Rose, se ele estiver inteiro acredito no Bulls no mínimo na final de conferência, caso contrário para nas oitavas ou quartas, como foi muito bem falado no texto acima o ponto fraco da equipe é o ataque e o Rose é o cara que pode fazer a diferença nesse sentido.

    • Alguém esses dias disse que o Hawks seria o Guarani do Brasil. Mas não, porque o Guarani já foi campeão brasileiro, tem algo a dizer. O Hawks é no máximo um Bragantino, com muita boa vontade.

    • A pergunta q fica é: se o Bulls é viúva do Jordan como vc tanto fala, o Hawks é viúva de quem? Do J-Smoove?
      O Bulls teve o maior jogador da história, sendo 6 vezes campeão da NBA. Realmente, a franquia deve muito ao Michael Jordan, mas a diferença é q o Bulls ainda tem um time competitivo, q, longe de lesões, pode sim disputar a final de Conferência e até mesmo da NBA. Tem grandes jogadores como Deng, Rose e Noah. O q o Hawks teve ou tem?

  3. O que prejudica a franquia, além da lesão do Rose, é o salário altíssimo do Boozer (eu anistiaria) que impede a vinda de novos reforços. A sorte é que os Bulls estão conseguindo achar bons jogadores em posições baixas do Draft, senão nem banco iriam ter.

    • O Pacers este ano vem mais fraco. Saíu várias peças importantes logo o elenco vem mais fraco. O Nets para mim é a incógnita 5 all-stars não se podem dar muito bem com o D-Will é tudo muito duvidoso. Além disto o Bulls tem uma melhor defesa que o Heat, Pacers e Nets. O Bulls tem uma excelente inside e outside defense. Rose, Deng são bons defensores de perimetro e o Boozer e o Noah de garrafão. O Bulls tem um jogo interior bem melhor que o Heat não podemos esquecer isto, o Boozer mete num bolso o Bosh e o Deng a 100% consegue defender o LeBron.

    • realmente o time do bulls faz frente sim, e tem um ótimo time, mais eu acredito ainda numa final heat e pacers de novo, a chance do bulls de pegar uam final é de cruzar com o nets antes. o time do nets vem muito forte, pp e kg nao vao ter problemas pra se encaixar no time do nets ao meu ver, a unica coisa que pode dar merda é o jason kidd que é inexperiente, pode ser um fiasco ou um sucesso.

      e pedrinho, não sei quem dei mportante saiu do pacers, o tyler e o dj augustin na minha opinião não era nada que não possa ser substituido, e eles contam com a volta do danny granger. e mesmo com o deng 100%, em 2011 ele não parou o lebron, mais eu nao duvido de nada tambem, nao posso querer adivinhar o futuro. mais ainda credio no pacers como principal adversário do heat.

      • D.J.Augustin é dos jogadores que precisava de minutos para fazer mais alguma coisa e ele em Indiana jogava 10 minutos ou 15 não dá para fazer nada. O Deng em 2011 não parou o LeBron porque os Bulls sentiram muito a pressão de ir às finais e os Heat apanharam isso como vantagem e fizeram 4 jogos seguidos e ganharam. Este ano com mais experiência pode incomar mais o Heat.

    • Pode ser só opnião mas vc se mostra extremamente leigo no assunto, Bulls jogou não só sem Rose mas Deng e outros, Nets vai dar trabalho e pacers evoluiu, mas basquete não é futebol, e técnico faz muita diferença. Engraçado que quando é pra falar mal do Bulls tu sempre enche a boca. Despois não entendo Pq hostilizam os torcedores do Heat.

      • Viu, fala ainda aonde que eu enchi a boca pra falar mal do bulls? sério, mostra mesmo que eu quero ver. Tecnico conta, por isso acho que o bulls pode ter chance contra o nets por causa do jason kidd. e sim, técnico interessa, e eu acho frank vogel melhor. eu acho, pronto, não precisa dizer que vc nao acha. e eu não sou leigo, eu entendo bem disso, muito mais que de futebol, e eu acho que o bulls nao tem chance. eu dei minha opinião. os cara ali de cima vieram na boa falar sobre meu comentário, mais sempre tem um palhaço que se sente ofendido ;) abaixa a bola cara, na boa, se não sabe interpretar teto volta pra quarta série pra aprender susse?

  4. Acho que nesse momento não sobrou nada de jogadores interessantes (grandes pontuadores) para o Bulls. Mas também não demonstraram nenhum grande interesse em algum dos bons nomes dessa FA. Vão fazer o que já vem fazendo “ultimamente”, ou seja, uma semi final de conferência no máximo. Mais do que isso eu ficaria surpreso… Nem o D. Rose 100% nesse time atual vai ser possível trazer um anel.

  5. Na torcida pela pronta recuperação de D-Rose, e que tenhamos um Bulls ainda mais forte do que esse ano, que mesmo todo esfacelado protagonizou uma série fantástica com o Heat, mesmo tendo sido 4 x 1 foi duríssima. Boa sorte aos touros nessa temporada.

      • PQ será ? kkkk Pq ele falou bem Do Bulls ..
        Se fala mal seria o pior torcedor do mundo :D
        A galera leva tudo ao pé da letra, Heat x bulls é rivalidade ..
        nos últimos anos então, mas se os torcedores do Heat começarem a zuar os do bulls a briga tá armada e vice versa .. é não é bem assim que tem que ser, vamos levar na esportiva !!
        Rivalidade é isso, a melhor série para mim da conferência leste foi contra bulls, jogos pegados, provocações e tudo mais ..
        eu torço pela recuperação do rose, quero ver os grandes sempre ativos…
        Mas se der Heat X Bulls espero que ele não jogue nada hehe mas nem por isso estou dizendo que não gosto do basquete dele os do bulls ou coisas do gênero, simples assim :D

      • Não foi porque ele falou bem não, até porque 2 comentários acima você verá que eu respondi ao aluyson, mesmo ele “falando mal”, numa boa. Agora quando o cara começa a xingar, ou tenta ficar desvirtuando o assunto, aí eu também respondo a altura do xingamento, simples assim.
        Concordo com tudo o que você falou, gosto de uma boa rivalidade e provocações, muitas vezes os jogos ficam melhores justamente por isso.
        E, como falei, eu tento levar sempre na esportiva, desde que a discussão seja boa, e não xingamentos…

      • Maicon ue não falei mal do bulls cara, ai que odio huaauau’ eu só falei que acho que o nets e o pcers vem mais fortes que eles, sério. e vc respondeu na boa, parabens mesmo, eu levo na boa até que alguem tire da linhaa

      • aluyson, foi um mal entendido kkkkk, eu coloquei justamente entre aspas “falando mal”, porque você não falou mal, simplesmente disse que 2 times vinham mais fortes..tudo tranquilo..eita confusão kkkkk
        abraços pra vc e pro Pedro, e que tenhamos vários Bulls X Heat polêmicos no futuro!! asudaushduah :D

      • te chamar de leigo então é sair da linha? Super respeitoso vc aluyson chamando os outros de palhaço, já discuti com pedrokadf sobre isso de rivalidade mas fico tudo no respeito, ja essa tua postura é a tipica de torcedor que cria briga, isso se vc for corajoso na rua como é na internet.

      • Valeu Maicon, eu não tinha entendido mesmo, mais parabéns pra você ae. E Ricardo, chamar os outros de leigo é um pouco presunçoso da sua parte não? se voce acha que entende mais de basquete que eu é problema teu, não precisa vir falar aqui susse? e eu não falei que vc ear o palhaço, só que tsempre tem uns palhaços pra falar bosta, mais se a carapuça serviu se fode ae ;) não sou de criar briga, mais eu dei minha opinião e os cara tambem, vc ja quis provar que eu to errado, ai sim eu fico nervoso. e chega aqui na cidade pra gente ver o negócio de nervoso, vo te chama pra toma uma cerveja pra falar a verdade hahaha’

  6. “Só tenho um objetivo, ganhar o anel. Acredito que temos mais que uma oportunidade de ganhar o título, temos uma grande chance. No basquete, pode ter um time repleto de estrelas e não ganhar. Pode ter cinco jogadores com menos talento e sair vencedor porque joga como equipe e não tem medo de nada. Nós [Bulls] não temos medo, não importa quem seja o rival”, disse Derrick Rose, em entrevista ao jornal Marca da Espanha.

    Muito bem Rose… Acredito q seja o sentimento de todo torcedor da MAIS FAMOSA EQUIPE DE BASQUETE DO MUNDO tbém. Isso mesmo q eu falei, não é o Los Angeles Lakers e nem o Boston Celtics, mais sim o CHICAGO BULLS. A 3º franquia mais valiosa da NBA,é tbém a mais famosa do planeta. Não temos o mercado badalado de Los Angeles, do amplo e lucrativo mercado nova-iorquino e nem o título de maior vencedor da liga(Celtics) mas, temos mais fãs ao redor do mundo, e isso não tem preço..rsrs.. Let’s go Bulls

    • Estava esperando sua opinião pois você é torcedor do Bulls. Chicago não tem o mercado badalado de Los Angeles nem o amplo lucratico de Nova Iorque mas também não tem um mercado tão pequeno. Chicago tem um mercado ao mesmo nível de Boston. Nova Iorque, Los Angeles, Boston e Chicago são os 4 maiores mercados da NBA.

      • Ah sim… Chicago é a terceira cidade mais rica e importante dos Estados Unidos. Atrás apenas de Nova York e Los Angeles.

    • É uma das franquias que eu mais tenho simpa, porém, ainda acho que o Lakers é a marca mais famosa na NBA, e isso tem nem o que discutir.

    • muito bem falado meu irmao!! so aqui aonde eu moro em portugal, zona de vila real, conheço muitos torcedores dos bulls, e um ou outro dos lakers, celtics e ate thunder, bulls e a mais badalada da historia aquela que mais fama e fanaticos tem! por isso BULLS é grande! e os touros vao levar tudo a frente essa epoca com ou sem Rose a 100%…

      • Ora eu sou português e posso afirmar isso. Muito povo português liga à NBA devido ao Jordan. Mas Portugal ainda é inferior ao Brasil em termos de espetadores de NBA, embora certos jogadores podem levar a um certo nivel de espetadores. Portugal só tem mesmo o Nando de Colo que é filho de pais portugueses mas a sua nacionalidade acho que é francesa.

    • Zack acredito q os Bulls são a segunda franquia mais famosa no mundo a primeira e sem duvidas a de Los Angeles os LAKERS e pra provar isso sem e so olhar o numeros de fan das duas franquias no Facebook o Lakers tem mais de 15 milhoes de fans enquando os Bulls tem pouco mais de 7 milhoes mais q o dobro e no twitter tb o Lakers tem muitos mais , acredito q os Bulls sejam a segunda msm mais ta de bom tamanho para os touros !!!

  7. O time titular do Chicago Bulls é um baita time,que só fica abaixo do Miami Heat porque não vejo um outro time na NBA que o Bulls teria muita dificuldade em bater,acho que Pacers e Nets estão no mesmo nível do Bulls,e Kinckis está abaixo pela falta não só de elenco mas também de time titular já que o Carmelo muitas vezes leva nas costas sozinho.

    Só o que o Bulls precisa é de mais um SG,um bom jogador como Belinelli que jogue tanto na 2 quando na 3 para fazer a rotação.

    Sem falar que o time da Summer League do Bulls esta fazendo um ótimo trabalho e nomes como de Marquis Teague,Malcom Thomas e o Andrew Goudelock que veio do Lakers devem ganhar contrato e ajudar na rotação,por isso o time do Bulls deve voltar a final de conferência se não pegar um Miami Heat embalado pelo caminho.

  8. mais famosa por que ? Titulos ? Bosto tem 1 a mais. Porque tiveram Kobe ? Boston teve o maior ganhador de aneis, sendo 10 como jogador e 1 anel como treinador/jogador… Calma lá jovem.

  9. Título dessa temporada vai ficar entre 5 times… Heat, brooklyn, Thunder, Spurs ou o Bulls. E todos podem ganhar, exceto o Heat. hehehe

    • nao concordo amigo pra mim sera mais, heat, thunder, pacers, spurs, bulls, rockets ou warriors! escuta o que eu digo pk sei que os nomes de rockets e warriors pra maioria serao os mais estranhos nessa lista, mas ao longo da temporada passem a ser os mais naturais! e BULLS claro, este ano os bulls vem reclamar os seu estatuto de melhor franquia de leste! :D

      • Warriors sim, pois já esta entrosado desta temporada e trouxe reforços,mas Rockets acho difícil,é um time que pode dar trabalho mas não vejo como campeão da NBA.

  10. Gostaria de colocar algumas observações sobre as minhas afirmações abaixo:
    1º A prática de basquete e o acompanhamento dos jogos da NBA(com aumento do interesse tbém de assistir aos jogos do mundial, olimpíadas, campeonato europeu…) teve um forte crescimento na década de 90 ao redor do mundo. Ou seja, a porcentagem é bem maior se compararmos nas décadas de 50 ao 80.

    2º As brilhantes dinastias do Lakers e do Celtics, com certeza encantaram os fãs em todo o mundo e contribuíram para o crescimento do esporte, mas nada se compara ao q o Jordan representou(isso se deve ao aumento da popularidade da NBA no planeta).

    3º Um grande exemplo dessa massificação do esporte a partir da década de 90, foi a crescente globalização da NBA jamais visto. Na década de 80, pouco mais de 60 nações transmitiam a NBA – já na década de 90, 200 nações e territórios chegaram a transmitir a liga.

    4º A rede de televisão Bandeirantes, ajudou o Chicago Bulls a ser a franquia da NBA mais popular do Brasil. Desculpem aí aos mais novos, ainda é.

    5º Apesar de passar tarde e até mesmo na madrugada na Europa, a NBA é bem apreciada no velho continente, sobretudo no leste europeu. É claro q Heat, Mavs, Thunder, Grizzlies estão ganhando fãs dos mais novos atualmente, mas, Bulls, Lakers, Celtics, Knicks, Spurs são as mais populares na Europa.

    6º Por último um dado bem interessante aos q criticam a declaração: No continente asiático no fim da década de 80 para a 90, a população era de mais de 3,4 bilhões de hab., ou seja, 3/5 do planeta. Teve um pequeno crescimento de interesse do esporte na década de 80, mas a marca Michael Jordan(a NIKE investiu pesado na ásia com comerciais, out doors, revistas…) deu um salto gigantesco no continente, fazendo com q milhões e milhões de asiáticos se rendessem ao basquete(NBA). Com isso a franquia CHICAGO BULLS ficou bem forte nessa região com um pouco mais de 60% de toda população do mundo.

    • O que falta ao Bulls sabe o que é? Um anélzinho para alegrar esse povo todo. Em tempos não fui grande simpatizante dos Bulls porque o Jordan ganhava tudo e isso me irritava kkkk. Mas depois fui vendo o lado bom da coisa até que ele se aposentou ai foi um impacto grande no basquete do Bulls notava-se que o Pippen precisava do Jordan e o Jordan precisava do Basquete até que depois decidiu jogar novamente e ganhou mais um tri campeonato. Até que agora até nem me importava de ver o Bulls ganhando um anél.

    • “2º As brilhantes dinastias do Lakers e do Celtics, com certeza encantaram os fãs em todo o mundo e contribuíram para o crescimento do esporte, mas nada se compara ao q o Jordan representou(isso se deve ao aumento da popularidade da NBA no planeta).” Errado, eles salvaram a NBA Q esta a ponto de falir….

  11. O Bullls fez uma boa campanha apesar das lesões, se todos estiverem bem o Bulls é um time muito forte e um dos candidatos ao título, mas essa temporada provou que não basta ter um time e 1 ou 2 bons reservas, o time falhou nessa FA em não reforçar o banco, eles não devem sofrer tanto como na temporada passada até pela esperada volta de Rose, mas acho que eles são a terceira ou quarta força do Leste e minha previsão é que façam uma campanha entre o quarto e o oitavo lugar…

    • Concordo com você que o Bulls falhou ao não se reforçar, mas isso já era de se esperar, visto que o Bulls tem o pior GM da NBA. Porém, acho que O Bulls continua atrás apenas do Heat, mas com o time 100% acredito que tem totais condições de vence-lo. Acho que não da pra apostar ainda no Nets porque não da pra saber se realmente todo mundo vai jogar o que sabe, ou se vai ser como aconteceu com o Lakers nessa temporada…mas realmente no papel é um timaço.

  12. O Bulls precisava apenas manter a mesma base da temporada que terminou e adicionar Rose para ter o maior potencial de chegar ao título desde a era Jordan. Deixou sair o principal nome pontuador do banco, Nate, que na minha humilde opinião é o melhor F.A. ainda sem contrato, se Nate tivesse 15cm a mais seria disputado a tapas com equipes garantindo contratos longos a ele, mesmo nível de interesse que têm jogadores feito Monta Ellis, JR.Smith, Jason Terry, etc…. O Bulls têm técnico, possui uma equipe titular de expressão, Deng é o escudeiro perfeito de Rose, cobre todas as carências do Bulls, e é versátil da posição 1 a 4, mas o negão também quebra. Noah, é o pivô dos sonhos de qualquer torcida, esconde suas limitações atrás de seu empenho e garra, Boozer ainda é o calcanhar de Aquiles da equipe por ser deveras “soft”. Taj deveria se consolidar de vez na titularidade pois contribui de forma sólida para equipe, e Rose seria a cereja do doce. Thibbs é um técnico consolidado, e ovacionado. Mas atualmente o banco de reservas parece só contribuir defensivamente de forma regular com a franquia, falta algum jogador que desafogue a necessidade de pontuar vindo do banco, este seria Nate, adorado pelos fãs do Bulls e ignorado pelo GM da equipe, como já foi desprezado pelo Celtics e Thunder. Quem o pegar na F.A. poderá colocar um gnomo vingativo goela abaixo da equipe de Chicago, por isto sonho com a possibilidade dele parar no Heat pelo mínimo para veteranos. Mas acho que não vá acontecer devido a falta de flexbilidade financeira do CAP atual. Boa sorte para o Bulls de Rose (volta a ter dono), mas não creio que o atual plantel traga o título para cidade dos ventos, falta algo, não muito, mas falta algo.

  13. Se tudo der certo dá pra pensar até em título. Mas é muito difícil para esse time, que na minha opinião não vence o Miami Heat em 7 jogos se não tiver o mando de campo. Tudo depende de como vai voltar o D. Rose e tbm se o time vai encaixar com as novas contratações. Ainda penso que falta um SG de respeito. Como torcedor acho que o Bulls vai longe sim, e agora é torcer para ficar na frente do Heat na temporada regular e quem sabe D. Rose consiga trazer o título de volta para Chicago.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s