JUMPER BRASIL

Notícias, Artigos, Vídeos, Rumores, NBA

Revisão da temporada – Dallas Mavericks


Dallas Mavericks (41-41) 10° na conferência Oeste

Time base

Mike James
O.J. Mayo
Chris Kaman
Shawn Marion
Dirk Nowitzki

Principais reservas

Vince Carter
Darren Collison
Elton Brand
Brandan Wright
Jae Crowder

Líderes

Pontos: Dirk Nowitzki – 17.3
Rebotes: Shawn Marion – 7.8
Assistências: Darren Collison – 5.1
Roubadas: Darren Collison – 1.2
Bloqueios: Elton Brand – 1.3

Agentes livres irrestritos: Chris Kaman, Anthony Morrow, Elton Brand, Dominique James, Brandan Wright, Bernard James, Josh Akognon

Agentes livres (player option ou qualifying offer): Darren Collison, Rodrigue Beaubois, O.J. Mayo

O Dallas Mavericks ficou de fora dos playoffs pela primeira vez desde 1999-00, muito por conta da lesão do alemão Dirk Nowitzki, que machucou o joelho, e não participou dos primeiros 33 jogos.

Com ele em quadra, o Mavs venceu 28 dos 53 embates (52.8% de aproveitamento), o que ainda não daria ao time uma vaga na fase final.

Por mais que se critique Jason Kidd pela sua idade e Brendan Haywood pela qualidade, a saída dos dois surtiu um efeito muito negativo defensivamente. De um ano para o outro, o Mavericks levou nada menos que sete pontos a mais em média.

Em 2011-12, a equipe sofreu 94.8 contra 101.7 neste ano, a quarta defesa mais vazada da NBA.

Depois de um ano ruim, Shawn Marion voltou a jogar bem em 2012-13 e foi uma das poucas alegrias da equipe. Seu arremesso voltou a cair e ele se esforçou ainda mais na defesa.

O.J. Mayo sentiu muito a volta de Nowitzki. Antes da parada para o Jogo das Estrelas, o ala-armador obteve 17.9 pontos por jogo. Entretanto, quando o alemão retornou, a média caiu para 10.9 pontos.

O que deu certo

Vince Carter: o veterano, antes conhecido por suas belas enterradas, tornou-se um especialista nos arremessos de longa distância. Carter, que teve o mesmo tempo de quadra que no ano passado (cerca de 25 minutos), subiu de 10.1 pontos para 13.4, vindo do banco de reservas. Nada menos que 46.2% de seus arremessos tentados foram atrás da linha dos três pontos. Ele terminou com um aproveitamento de 40.6% no quesito, um dos melhores de sua carreira.

O que deu errado

Elton Brand e Darren Collison: os dois chegaram em 2012-13 com a missão de suprir deficiências. Nenhum deles conseguiu melhorar o nível do time. Pelo contrário, piorou. Brand chegou com status de principal reserva e poderia ajudar o time na ausência de Nowitzki no começo do ano. Entretanto, ele foi perdendo espaço a cada dia, assim como Collison, que de titular, acabou sendo sacado em favor de Mike James.

Futuro

A equipe apostava todas as suas fichas na agência livre, depois de muitas movimentações, que visavam abrir espaço na folha salarial para conseguir a contratação do pivô Dwight Howard, a franquia não conseguiu um acerto com o jogador.

Dessa forma, Mark Cuban buscou no mercado outros bons nomes disponíveis, para assim, formar uma nova equipe. Cuban conseguiu alguns importantes reforços: o armador José Calderon, o ala-armador Monta Ellis e o pivô Samuel Dalembert chegaram a Dallas e se juntam agora a Dirk Nowitzki e Shawn Marion para formar o que provavelmente será o time titular do Mavericks na próxima temporada. Além disso, como já dito, Vince Carter foi muito bem saindo do banco na última temporada e é mais um que será fundamental. Outro ponto importante, é que um acerto com o armador Devin Harris parece ser só questão de tempo. Por último, a franquia ainda busca contratações e um dos principais alvos que restaram é o pivô Greg Oden.

A equipe se reforçou bem dentro das possibilidades que sobraram. De qualquer forma, ainda é difícil dizer o que podemos esperar do time no próximo campeonato. O sonho de mais um título parece muito distante com o atual elenco, mas Nowitzki e o Mavericks já demonstraram força há três temporadas e, apesar de parecer difícil, podem surpreender novamente em 2013-2014.

Sobre Gustavo Freitas

Gustavo de nascimento, Masto por conveniência, é cervejeiro, roqueiro, e um dos idealizadores do Jumper Brasil. Acompanha NBA desde 1989, é torcedor de todos os times de Boston, e fã de Primoz Brezec, Danny Fortson, e Jamie Feick. Quer não falar comigo? @gusfreitas78

8 comentários em “Revisão da temporada – Dallas Mavericks

  1. #DirkMito
    julho 23, 2013

    O final do texto foi perfeitto *,* ” apesar de parecer difícil, podem surpreender novamente em 2013-2014.”

  2. Aderito
    julho 23, 2013

    Vamos mavs vamos mostrar aos spurs e aos okc como se ganha do Miami Cheat

  3. Pedrinhooo
    julho 23, 2013

    Os Mavs jogarão super mal. Time precisava de um verdadeiro GPS dentro de quadra. No final foi a equipa que mais me surpreendeu a par dos Lakers e do Jazz. 3 times que tiveram um final de época fulminante.

    É nisto que eu adoro os clutchs players liderar um time à luta e dá garra. Dirk é mito nisso.

  4. Gabriel"los mavs"
    julho 23, 2013

    Rumo ao título Monta Ellis sendo gênio Nowitski mitão

  5. Luiz Henrique Santos
    julho 23, 2013

    Bela análise, o Mavs sem Nowitski foi ridículo, mas Shawn Marion e Vince Carter foram bem e nessa FA eles conseguiram Dalembert e Calderon e talvez ainda tragam mais alguém, além do melhor SG disponível no mercado (Monta Ellis) no lugar do O.J. Mayo, promete ser uma temporada muito melhor para o Mavs, mas a minha previsão é que fiquem entre o quinto e o nono lugar na temporada regular.

  6. Fabio Ponte
    julho 24, 2013

    Bem,acho que eles deveriam tirar esta temporada para reformulação,porém acho que não irão para os playoffs.

  7. Dede
    julho 24, 2013

    vejo indo para o s offs e nada mais!!!!!!!!!!!!!!!sem perspectiva de ir muito longe.

  8. o Nowitzki é o termômetro da equipe, eu esperava mais da equipe na Offseason, mas não foi de todo mal, conseguiu o Ellis que dividirá com o Nowitkzi na parte ofensiva, Calderon é um bom PG, o Marion é importante demais e o Carter vem muito bem do banco, o Mavs realmente fechando com Harris, L.Barbosa e Oden melhoraria bastante a rotação, mas o time está bastante fraco no garrafão, Dalembert não é tão ruim, mas não dá pra ser Center titular dos Mavs, e isso vai nos atrapalhar muito, mas acho que chegaremos aos Playoffs, nós podemos surpreender, mas acho pouco provável que chegaremos longe… aposto em quinto ao oitavo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em julho 23, 2013 por em Artigos, Dallas Mavericks, Destaque, Notícias.
%d blogueiros gostam disto: