Jermaine O’Neal chegou ao Golden State Warriors com o objetivo de conseguir seu primeiro título da NBA, e após 17 anos na liga, a próxima temporada pode significar a última oportunidade de conseguir seu anel. Tudo por conta de uma promessa feita ao seu filho de nove anos.

Em entrevista ao Inside The Bay Area, o pivô disse que teve uma conversa com a criança, na qual prometeu que jogaria apenas mais um ano para que então pudesse dar mais atenção à família: “Eu tive uma conversa com ele, eu disse ‘Escute, você pode tomar conta da casa por mais um ano enquanto eu estiver fora?  Tudo que eu ainda tiver, eu vou colocar neste ano'”

Os pedidos do filho para que ele ficasse em casa inclusive pesaram na decisão sobre qual time defender na próxima temporada. Como a família tem residência em Dallas, O’Neal afirmou que chegou a estar perto de fechar com o Mavericks, mas foi o desejo de ganhar um título que definiu seu destino.

O contrato do jogador com o Warriors é de exatamente um ano, no valor de 2 milhões de dólares e nesse período O’Neal quer contribuir diretamente para o sucesso da equipe.

“Eu não estou vindo aqui para ser um jogador-treinador. Eu não teria aproveitado essa oportunidade se eu não sentisse que posso jogar.”, disse o seis vezes participante do jogo das estrelas ao Inside The Bay Area.

O’Neal deve ter tempo para mostrar que ainda pode atuar em alto nível e ficar longe das lesões no joelho que atrapalharam suas últimas temporadas. Também pivô do Warriors, Festus Ezeli está com uma contusão e só deve voltar às quadras em dezembro.

Ao longo da carreira, O’Neal tem médias de 13,4 pontos e 7,3 rebotes por jogo, mas desde que se tornou atleta do Boston Celtics, em 2010, não alcança 10 pontos por partida. Ele precisará elevar o nível de suas performances para ajudar o Warriors a ser campeão, e dessa forma, cumprir a promessa feita ao filho.

Quer assistir a um jogo da NBA? Então aproveite o cupom de descontos do Jumper Brasil no Super Ingressos.